Será que você pode treinar seu cérebro para ser melhor em multitarefas?

A tecnologia tem cumprido seu papel com maestria quando o assunto é nos ensinar a fazer várias coisas ao mesmo tempo. Ainda assim, algumas pessoas mais metódicas sofrem quando precisam lidar com o acúmulo de tarefas, situação cada vez mais comum em ambientes profissionais e acadêmicos.

Ser multitasking tem seus lados negativos, e por isso é preciso conhecer que lados são esses, para tentar se proteger psicologicamente quando não há outra forma de resolver a situação a não ser realizando atividades distintas em um mesmo momento.

Quem parece ter uma luz no fim do túnel nesse sentido é um grupo de pesquisadores da Universidade de Queensland, que realizou uma série de testes com voluntários, a fim de descobrir se é ou não possível treinar o cérebro humano para que ele fique menos sobrecarregado quando as pessoas realizam tarefas múltiplas.

 

Cerebro Multitarefa

 

Kelly Garner e Paul Dux, que conduziram a pesquisa, revelaram que os testes mostraram que a maioria das pessoas não tem capacidade para ser multitasking e que, nesses casos, forçar essas pessoas a realizar múltiplas tarefas de uma só vez é uma forma bem fácil de piorar a situação. Ainda que essa constatação pareça óbvia e negativa, ela não parou os pesquisadores.

Para a Neurociência ainda é um mistério entender como um órgão tão habilidoso e poderoso consegue dar conta de apenas uma tarefa externa de cada vez. E aí entra a função dos voluntários. Ao todo, 100 pessoas foram recrutadas para participar da pesquisa – cada uma delas deveria realizar duas tarefas simultaneamente enquanto suas atividades cerebrais eram monitoradas.

Os participantes foram divididos em dois grupos, e o primeiro grupo passou por uma espécie de “treinamento”. Nesse treino, uma das tarefas consistia em ouvir um barulho e apertar um botão específico, dependendo de cada som emitido. A outra tarefa era apertar outro botão, mas só quando ele se apresentasse em um formato específico – os cientistas avaliaram, aqui, o resultado da mistura de estímulos visuais com os auditivos. Por mais simples que essas duas atividades pareçam ser, realizá-las simultaneamente é o que complica a coisa toda.

 

Cerebro Multitarefa

 

A segunda parte do experimento avaliou o desempenho de um dos grupos de voluntários, que passou cinco dias praticando o mesmo exercício de realizar duas tarefas diferentes ao mesmo tempo. O segundo grupo, que já tinha participado do treino, realizava tarefas diferentes, e ao final da experiência a ideia era comparar os dois resultados.

Os pesquisadores descobriram, então, que o grupo que havia sido treinado anteriormente teve um desempenho significativamente maior em relação aos que não haviam passado pelo treino. Isso sugere que é possível, sim, melhorar nossa habilidade de ser multitasking – pelo menos no que diz respeito à realização de duas tarefas simultâneas.

A melhora foi vista também nas imagens das atividades cerebrais dos voluntários. Os exames revelaram que o cérebro daqueles que treinaram estavam compartimentalizados, o que significa que esses cérebros aprenderam a lidar com cada tarefa separadamente.

O estudo ainda não sugere que seja possível treinar pessoas para realizar tarefas múltiplas, mas mostra que isso pode vir a acontecer, sempre com base em novas pesquisas e descobertas neurocientíficas. Ainda assim, é curioso reparar que, de fato, ficamos melhores na medida em que praticamos mais determinadas tarefas. Se ser multitasking é algo que faz parte da sua vida, talvez você possa treinar mais essas habilidades e, claro, depois contar para a gente se deu certo.

 

Share This:

Leave Your Comment